Amor a Dança · Ballet · Parceiros

10 Coisas que Apendi com o Ballet

Oi oi meus amores, tudo bem? ❤

No post de hoje vamos falar de algumas coisas que aprendemos com o nosso tão amado ballet. :)

Vamos conferir?

ballet-750x500

Ao longo des­ses anos bai­la­ri­nando e dando aulas de bal­let, aprendi algu­mas coi­sas que trago pra minha vida.

10 coi­sas que apendi com o ballet:

1 — Cada pes­soa tem seu tempo
Nem todo mundo vai apren­der no mesmo tempo e com as mes­mas faci­li­da­des das outras pes­soas. É pre­ciso enten­der isso, estando você apren­dendo ou ensi­nando. É pre­ciso con­se­guir per­ce­ber isso tam­bém. Aceitar se você é a pes­soa que demora para apren­der e res­pei­tar se você é o pro­fes­sor que pre­cisa lidar com quem não con­se­gue assi­mi­lar tão rápido, ou até assi­mila, mas não faz.

2 — Tudo tem seu tempo
Nada acon­te­cerá do dia pra noite. No iní­cio, seja das aulas, seja na mon­ta­gem de core­o­gra­fias, seja no começo do tra­ba­lho nas pon­tas, tudo pare­cerá muito difí­cil. Só a prá­tica vai faci­li­tar. Não dá para desis­tir, a não ser que você, como aluno, se sinta mal indo às aulas.

3 — Devemos fazer o que gos­ta­mos
Não adi­anta fazer por­que a mãe quer ou por­que a escola deter­mina: não vai dar certo!!! Nem com a pes­soa que tem a maior faci­li­dade do mundo. Se ela não gosta, ela não deve ir. E tem gente que gosta, mas tem difi­cul­da­des. Essa pes­soa sim, vai cres­cer aos pou­cos, vai evo­luir, por que ela quer estar ali e quer os resul­ta­dos. Se sen­tir bem é o pri­meiro passo.

4 — Ser res­pon­sá­vel
O bal­let é dis­ci­pli­na­dor. Você se torna mais res­pon­sá­vel e ganha tam­bém con­cen­tra­ção ao fazer as aulas. Chegue no horá­rio, use os uni­for­mes, res­peite o pro­fes­sor, bus­que melho­rias, tudo isso e muito mais faz parte da rotina de quem faz bal­let e isso vai para a vida toda.

5 — Não jul­gar o tra­ba­lho alheio
Quando a gente sabe a difi­cul­dade que é, apren­de­mos a ver o tra­ba­lho dos outros com outros olhos. Antes de sair achando algo muito ruim, vale pen­sar que aque­las pes­soas podem não ter estru­tura para fazer melhor, mas mesmo assim estão ten­tando, não desis­ti­ram de dan­çar e dos seus sonhos.

6 — Lidar com os sonhos das pes­soas
Como pro­fes­sora, devo lem­brar sem­pre que estou lidando com os sonhos daquela pes­soa. Portanto, muito cui­dado com as pala­vras, elas têm poder. Demorei para per­ce­ber isso e me colo­car no lugar das pes­soas é um exer­cí­cio que tento fazer dia­ri­a­mente para lidar com elas da melhor forma possível.

7 — Ensinar é apren­der
A pes­soa que mais aprende é aquela que ensina. Ela aprende a ensi­nar, aprende a se per­ce­ber e aprende com os erros e acer­tos das pes­soas que estão apren­dendo.  E busca mais infor­ma­ções para passar.

8 — Passa mais ver­go­nha quem tem ver­go­nha
Quanto menos ver­go­nha você tem, menos ver­go­nha você passa. Se você for muito tímido, todos irão te notar.

9 — Nada vem de graça
“Nem o pão, nem a cachaça”. Para qual­quer coisa na vida você vai pre­ci­sar lutar muito para con­se­guir. Repetição, can­saço, exaus­tão, dis­ci­plina… Pra tudo. Precisa sem­pre fazer o seu melhor.

10 — Comer para viver e não viver para comer
Alimentar-se sau­da­vel­mente fará bem pro corpo e pra mente.

E você, quais lições tirou e tira dia­ri­a­mente da aula de ballet?

 

Por Dryelle Almeida – Mundo Bailarinístico

Postado no  blog I Love Ana Botafogo.

 

Espero que tenham gostado amores.❤
Beijinhos e até a próxima!

LOGO

 

Anúncios

Um comentário em “10 Coisas que Apendi com o Ballet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s