Amor a Dança · Ballet · Visões da Dança

“Visões da Dança” – Por Virgínia Mazoco

Oi oi meus amores, tudo bem? ❤
No Visões da Dança de hoje temos uma história linda da Virgínia, hoje ela mora em São Petersburgo e é formada pela Academia de Ballet Russo AJ Vaganova.
Vamos conferir o que ela compartilhou com a gente? 🙂

13840438_1188962867822215_254500656_o

“Meu nome é Virgínia Mazoco, natural de Vitória, Espirito Santo. O ballet entrou na minha vida bem cedo, quando tinha uns 4 anos, por influência de minha prima, mas o verdadeiro interesse pelo ballet veio quando eu já tinha uns 9 ou 10 anos, quando comecei a participar de festivais e dançar meus primeiros solos. Em 2010 fui para Joinville dançar no meia ponta e acabei que fazendo a audição da Escola Bolshoi, e passei. No ano seguindo me mudei para Joinville onde estudei por 3 anos, minha paixão pelo ballet nunca foi algo tranquilo, pois eu era fraca emocionante, mais apesar disso era sempre muito determinada. Meu interesse pelo ballet russo surgiu a partir de videos que eu assisti o dia todo, e me encantava com toda a beleza das bailarinas. Tinha uns 14 anos quando fui aprovada pela primeira vez no Vaganova, mas como estrangeira ainda não tinha idade suficiente para ingressar na escola. Foi então que em 2013 me mudei para São Petersburgo, sozinha e sem falar o idioma, não sentia medo, mas sentia ansiedade, para aprender tudo o que podia e viver novas experiências.

13843362_1188963347822167_74980372_o 13840616_1188963394488829_1594423530_o

Minha maior sorte foi ter tido como professora Ludmila Kovaleva, para quem sempre serei eternamente grata por tudo que aprendi e pelas oportunidades que me deu. Dentro da escola recebi muitas oportunidades que geralmente não são dadas a estrangeiros, desde o meu primeiro espetáculo com a escola já dançava papeis de solo. Uma das minhas maiores conquistas foi ter dançado um dos solos no ballet variações no tema de Raymonda de George Balanchine. Esse espetáculo foi montado para a Gala Grand Prix no Teatro Mikhailovsky e também fez parte do nosso espetáculo de formatura no Teatro Mariinsky. Durante meus estudos tive a oportunidade de ter como ensaístas Yulia Kasenkova, Farukh Ruzimatov e Yulia Makhalina, eu quando olho para trás vejo que apesar de tudo os sacrifícios que o ballet traz para sua vida, o reconhecimento e a gratidão pelas coisas já conquistadas valem a pena. Hoje me vejo como uma pessoa muito mais forte emocionante, que já viajou por muitos países sozinha, e fala mais de dois idiomas fluentemente. Tento sempre ver o lado bom das coisas, tirar aprendizados de cada situação difícil do dia a dia, e crescer junto com a minha dança.

13838311_1188962924488876_1276050692_o

Das coisas que vejo e gostaria muito que as novas gerações lembrassem, é que ballet é uma arte, não se trata apenas de movimentos, mas sim uma arte, que deve emocionar e contar histórias a quem assiste. Para minha vida sempre penso em tornar minha dança interessante para quem assista, que possa ser algo que reflita algo positivo de alguma forma. Hoje depois de um ano difícil em que praticamente foi perdido por conta de lesões, me sinto ainda mais apaixonada pela dança e motivada para continuar!”

13838479_1188963031155532_1400534789_o

Vamos conferir um pouquinho do talento da Virgínia?
Essa foi uma variação apresentada no Varna international Ballet Competition 2016
Virgínia Mazoco – Varna

Obrigada pelo lindo depoimento, Virgínia. Amamos receber você aqui no #5seis7oito.
Sua história inspirará muitas bailarinas, volte sempre! ❤

fotos: acervo pessoal

Espero que tenham gostado.
Um big beijo e até a próxima. ❤
LOGO

Anúncios

2 comentários em ““Visões da Dança” – Por Virgínia Mazoco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s